Idade do Baby Arthur

Lilypie Primer Ticker

sábado, agosto 11, 2007

Arthur nasceu!

Como estou a mil com o meu novo papel de mae, deixo aqui um poema que a Paula me enviou...É do Vinícius...Eu já conhecia, mas agora, faz mais sentido do que nunca para mim...hehe

Beijos a todos!!


Poema Enjoadinho

Vinicius de Moraes



Filhos…Filhos?
Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-lo?
Se não os temos
Que de consulta
Quanto silêncio
Como o queremos!
Banho de mar
Diz que é um porrete…
Cônjuge voa
Transpõe o espaço
Engole água
Fica salgada
Se iodifica
Depois, que boa
Que morenaço
Que a esposa fica!
Resultado: filho.
E então começa
A aporrinhação:
Cocô está branco
Cocô está preto
Bebe amoníaco
Comeu botão.
Filho? Filhos
Melhor não tê-los
Noites de insônia
Cãs prematuras
Prantos convulsos
Meu Deus, salvai-o!
Filhos são o demo
Melhor não tê-los…
Mas se não os temos
Como sabê-los?
Como saber
Que macieza
Nos seus cabelos
Que cheiro morno
Na sua carne
Que gosto doce
Na sua boca!
Chupam gilete
Bebem xampu
Ateiam fogo
No quarteirão
Porém, que coisa
Que coisa louca
Que coisa linda
Que os filhos são!


6 comentários:

susane disse...

Seja bem-vindo, Arthur!!!

Que “as realidades” do mundo lhe sejam amenas!
Que a vida lhe sorria muito!
Que se cumpram todos os seus direitos... até você ficar bem velhinho!

...que a mamãe lhe aplique shantala!


Jamine, curta o seu “estado de graça”!!!

Tudo de bom aos três!!!

Susane

JAMINE BRUNO disse...

Su querida,

Obrigada pela visita, pelas palavras doces e vou tentar aplicar a shantala sim ;)

Bjos para vc!!!

Veridiana Serpa disse...

parabéns!!!

Leila Silva disse...

PARABÉNS.
Sejam muito felizes!
Abraços

JAMINE BRUNO disse...

Veridiana e Leila...

Obrigada ;)

Beijos grandes!!

Paula disse...

esse poema é lindo mesmo, mas tenho certeza que a emoção de sentir isso, só mesmo você está experimentando agora! parabéns!!