Idade do Baby Arthur

Lilypie Primer Ticker

sexta-feira, dezembro 15, 2006

"as pessoas não morrem: elas despertam do sonho da vida" (Raul Seixas)


Este foi um ano difícil em vários sentidos. O principal foi perder pessoas queridas estando á distância!!! Extremamente difícil. Sempre sofremos...Por mais que estejamos preparados. Sendo surpresa ou nao, nao estamos preparados para perder alguém que amamos.

Esta semana, mais precisamente dia 13, recebi a notícia de que minha avó havia falecido. No início, fiquei tranquila...Todos já diziam que isto poderia acontecer. Depois, começei a chorar sem me conformar. Novamente...Como se conformar com a morte?
Minha avó. Uma mulher forte em todos os sentidos. Criou todos os filhos sozinha. Quando meu avó (esposo dela faleceu) meu pai tinha apenas 2 anos! E ela criou todos os filhos.
Sempre me lembro dela e seus rituais, hábitos: terço as 6 da noite (no nordeste 6 é da noite, nao da tarde), fumar o cachimbo...Contar estórias dos filhos quando eram pequenos. Seu amor pelas plantas.
Minha avó teve uma vida de muita luta, mas foi uma vencedora...Em tudo o que fez. É estranho saber que nao vou mais vê-la. Sempre pensei que quando voltasse ao Brasil poderia vê-la e vice-versa. Mas nao sabemos o que a vida nos reserva. Sei que tenho que aceitar. Até porquê, quando conversavamos antes sobre morte, ela me disse que tínhamos que aceitar: os dois lados...Tanto quem fica quanto quem vai. Talvez por isso esteja mais tranquila.

3 comentários:

Camu disse...

Oi Jamine! Obrigada pela visita ao meu blog!!! Adorei! Sou nova na blogosfera!!!
Quanto à sua vóinha... fique tranquila, pense sempre que faz parte do ciclo da vida... E sofra mesmo sua dor... pq afinal de contas é muito doído!!! Mas com o passar dos dias a dor vai se amenizando e ficando na memória e no coração esses lindos momentos que vc relatou. E assim a vida vai seguindo...
Beijo grande pra vc!

Regina disse...

Jamine,

Obrigada pela sua visita no meu blog! Volte sempre. Gostei muito do seu.

Sinto muito pela perda da sua avo. Eu sei o quanto doi perder alguem querido estando tao longe.

Eu nao sei ha quanto tempo voce esta morando fora, mas esse e' um dos precos que pagamos. Eu perdi o meu pai de repente (de um ataque cardiaco) quando ja estava morando aqui. Ele so tinha 55 anos. Eu tb perdi um dos meus amigos mais proximos e a minha avo.

Para mim a experiencia foi quase surreal porque como eu nao estava la eu nao presenciei nada. Foi um luto a distancia. De uma hora para outra, tudo mudou.

Enfim, sua avo esta contigo em espirito. Tenho certeza que ela foi muito amada e que ela continuara a viver nas lembrancas e nas historias que ela compartilhou com voce. Uma outra amiga virtual que mora na Suecia acabou de perder o pai que mora no Rio. E' dificil, ne?

As suas fotos estao lindas. Berlim e' a minha cidade favorita na Alemanha. Voce chegou a visitar a parte leste? Tem uma sinagoga linda. E a estatua do Anjo olhando sobre Berlim? Eu subi ate o topo gravida de cinco meses. Eu a havia visto no filme Wings of Desire do Wim Wenders e queria muito ve-la de perto. Tem uma vista linda la de cima.

Barcelona tb e' incrivel. O parque Guell e' maravilhoso. Nao ha nada igual. Tambem a casa Batlo. Voce chegou a visitar o castelo Mujui(nao me lembro se e' assim que se escreve) ou a Fundacion Miro? Quando eu fui fiquei com uma amiga que nasceu la e comi um bocadilho que a mae dela preparou.

O livro do Frei Beto la esta na minha lista para a proxima vez que eu for ao Brasil.

Enfim, corage, como me disse o meu amigo frances quando o meu pai morreu.

Je t'embrace,

Regina

Fernanda disse...

Oi Jamine! Faz tempo que estou te devendo uma visita virtual. Hoje tive um tempinho para ler os blogs dos amigos, afinal estou de férias :-)
Sinto pela sua perda. Perder entes queridos faz parte dessa loucura toda, mas na verdade, nunca estamos preparados para isso. Ainda mais estar distante, dá uma sensação de impotência que esmaga a gente...mas sabe, que no final, o tempo é nosso aliado, nosso amigo.
Gosto de uma frase de Guimarães que diz: "As pessoas não morrem. Ficam encantadas".
Um beijo e muita luz pra você!